12 dezembro, 2010

Lá vem o “Aerodilma”…


Caro e luxoso. Assim será o avião da Presidente Dilma

Do alto de sua popularidade estratosférica, o Presidente Lula acredita que basta dar uma declaração irônica, e às vezes estúpida, para dirimir as denúncias de irregularidades ou abusos de sua administração. Vimos isso muito claramente durante as eleições desse ano. E agora, mais uma vez, Lula sai em defesa do indefensável: a compra de um novo avião para a Presidência da República.

A administração petista cogita a compra baseando-se no argumento de que o atual modelo em uso, um Airbus A319 que nos custou mais de US$ 56 milhões, já está velho e não atende mais as necessidades da nossa Presidência. Lula, já se prontificando em destilar suas asneiras prepotentes, disse "que o Brasil não pode mais passar pela humilhação de usar um avião velho e que não tem autonomia para longas viagens sem parar para abastecer".

Foi pensando nesses argumentos do nosso querido Presidente que decidi fizer uma lista com 10 fatos que (esses sim) fazem o Brasil passar por situações humilhantes perante a comunidade internacional.
 

1)
A taxa de mortalidade infantil no Brasil está entre as mais altas do mundo, com 23,6 mortes a cada 1000 nascimentos, muito acima de países como Cuba (6/mil), Chile (13/mil) e Costa Rica (9,01/mil).

2)
O Brasil não atingiu suas próprias metas de melhoria dos índices da educação para 2010. Para o analfabetismo o Governo Federal queria uma taxa de 4%, alinhado aos índices dos países da OCDE (organização que reúne os países mais desenvolvidos), mas ficamos em 10%. O mesmo aconteceu com a meta de matrículas no Ensino Superior. O Governo esperava alcançar 30% em 2010, mas deveremos nos contentar com míseros 13,7% (contra 39% dos países da OCDE).

3)
Mais de 65% das estradas federais são consideradas precárias. E com essa infraestrutura viária digna de país africano temos um aumento de pelo menos 30% nos custos do transporte. E sabe de quem isso é cobrado? Dos consumidores finais, claro. Enquanto isso, Lula e o PT tentam a qualquer custo nos convencer de que precisamos urgentemente de um trem-bala fantasioso que consumirá mais de R$ 60 bilhões.

4)
E por falar em infraestrutura, outro grande problema dessa área está nos aeroportos. A Infraero, empresa do Governo Federal que administra 67 aeroportos no país, investiu somente 22% do tão prometido R$ 1,6 bilhão para 2010. Foram desembolsados míseros R$ 358 milhões num país que está às vésperas de sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. E acredito que não preciso falar quais são as consequências disso. Todos que leem jornais ou tem o avião como transporte sabem muito bem qual é a situação dos nossos aeroportos.

5)
Um país que deseja atingir o grau de desenvolvimento teve em 2010 um aumento de 90% nas mortes causadas pela dengue, uma doença típica do terceiro mundo.

6)
Em um de seus discursos o Presidente Lula defendeu a alta carga tributária brasileira, uma das mais altas do mundo. Porém, o que ele esqueceu de mencionar é que uma família que receba até 2 salários mínimos entrega em forma de impostos para o Governo mais de 45% do seu rendimento. Tal irracionalidade já criou situações como a declaração de Steve Jobs dizendo que não pretende abrir no Brasil a loja oficial de sua empresa, a Apple, devido à péssima política tributária que impera em nosso país. Podemos culpá-lo?

7)
Em 2009 a violência no Brasil foi a principal causa de 60,29% das mortes de jovens entre 15 e 19 anos. Já entre os jovens de 20 a 24 anos a taxa passa para 61,29%. E entre aqueles de 25 a 29 anos a taxa fica em 52,71%.

8)
De acordo com a AGU (Advocacia Geral da União), apenas em 2010 mais de R$ 2,5 bilhões foram desviados pela corrupção no Brasil. Dinheiro esse que contribuiria com melhorias para a vida da população simplesmente evaporou no caminho tortuoso entre as mãos (e bolsos) de nossos políticos.

9)
O país das propagandas oficiais mostrando um mundo de fantasia, onde as pessoas estão sempre felizes, a economia está ótima e a pobreza é inexistente é o mesmo país do Maranhão, eterno curral eleitoral da família Sarney, onde, segundo o IBGE, 64,6% da população está à beira da fome.

10)
O país que almeja a relevância internacional deu abrigo ao terrorista Cesare Battisti, condenado pela Justiça italiana, baseando-se em conceitos ideológicos ultrapassados, configurando total irresponsabilidade diplomática. O país que diz ser um reduto de liberdade e democracia é o mesmo que abraça ditadores tapuias e trapalhões como Hugo Chávez, e sanguinarios como Mahmoud Ahmadinejad.


Agora que você leu os 10 motivos que fazem o Brasil ser humilhado lá fora, gostaria que pensasse um pouco nas palavras do nosso Presidente e me dissesse se são realmente válidos os argumentos que ele nos deu para a compra desse avião milionário.

E enquanto nosso Presidente acha humilhante fazer escalas para reabastecer seu aviãozinho, milhões de brasileiros sofrem calados no transporte público caótico e caro, muito longe do requinte aéreo bancado com nosso dinheiro.

5 comentários:

Igo Araujo disse...

existe uma coisa que conta demais na diplomacia internacional: aparência. grandes feitos, grandes soluções, grandes projetos não tem valor nenhum. só o que conta é o que você aparenta ser, mesmo que não seja. por isso o Lula quer comprar esse elefante voador, pra ficar bonito na foto... como o resto do mundo não vê o lado feio do Brasil, não há problema...

abçs

K. disse...

Mas ele fala alguma coisa relevante e coerente alguma vez??

cotidianonacional disse...

E o pior que é esse sujeito vai sair com uma das maiores popularidades da história, o que dará uma sobrevida, que já pensa em fazer política pela redondeza e quem sabe voltar em 2014.

Depois reclamaram de mim quando falei que 53% dos eleitores brasileiros não tem nem o segundo grau completo.

Coelho disse...

Parabéns por seu texto, muito bom.
A maior parte dos brasileiros tem os políticos que merecem.
Pobreza não é desculpa para a quase que total falta de princípios da maior parte de nosso povo, muitos vivem de maneira irracional como se tudo que importasse fosse o momento presente cedendo aos impulsos mais primitivos sem o menor senso crítico e nenhum interesse em evoluir como indivíduo Esse é o nosso povo, o povo do carnaval, da bebedeira, do sexo sem a menor responsabilidade, da malandragem no pior sentido que essa palavra possa ter.

joao.hannuch disse...

do caralho esse texto em.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...