22 agosto, 2009

"Americanizando" o trânsito


A cidade de Americana, no interior do Estado de São Paulo, foi fundada em 1875 por imigrantes norte-americanos (daí seu nome). E ávido por reviver essa história, o secretário dos transportes da cidade, Flávio Biondo, teve a brilhante ideia de “voltar às origens” usando expressões em inglês nas sinalizações de trânsito [nos cruzamentos foi pintada a frase “stop four”] e as cores da bandeira americana nas faixas de pedestres.

Indagado por um repórter do jornal Folha de São Paulo sobre os motivos que o levaram a iniciar a medida de “americanização” da cidade, o secretário tentou escapar do enrosco dando uma explicação ainda mais estúpida do que sua medida. Disse ele que nem a faixa de pedestre colorida é uma referência à bandeira americana e nem o "stop four" é sinalização de trânsito."É a faixa de vida, que tem fundo vermelho para alertar que ali há um índice alto de atropelamentos. E pintamos o girador com o nome de um programa de educação de trânsito da prefeitura [o tal "stop four"] porque os jovens que estão nas estatísticas [de acidentes] têm uma linguagem global da web, do Twitter, do Big Brother. Então colocamos o nome em inglês."

Apenas eu achei essa explicação totalmente sem sentido? Ou esse homem sabe enrolar muito bem ou ele não faz a menor ideia do que sai de sua própria boca. Isso é digno de elogios. O mestre do "embromation".

Um comentário:

Suzan disse...

E como vc acha que ele chegou onde chegou??
Pelo Love de God, vc tinha que ter imaginado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...