18 abril, 2008

Questão de inutilidade


Saber essa questão da Fuvest determina se uma pessoa é capacitada ou não para cursar uma faculdade?

Incentivam o "decoreba" e esquecem que ninguém aprendeu nada, ninguém sabe nada. Apenas passaram alguns anos em cursinhos decorando os resultados das provas. Ignoram habilidades e capacidades características de cada pessoa, coisas que nunca poderão ser medidas com questões absurdas como as que a Fuvest aplica em suas provas. Se você pretende fazer jornalismo ou publicidade para que diabos terá que saber coisas específicas de matemática ou física, já que nada disso fará parte da sua vida acadêmica e profissional?

A educação no Brasil é ridícula. Nos fazem perder tempo decorando ao invés de nos preparar para o mercado de trabalho. Isso mostra o quanto somos atrasados, pobres. Em relação à educação oferecida nos Estados Unidos e Europa dá para ter uma noção do quanto os Governos passados e o atual ignoram a educação.

Já é hora de uma mudança nesse sistema. E uma mudança maior ainda na forma de ingressar nas universidades. Chega de provas idiotas que não mostram nada sobre o candidato. É hora de avaliar as pessoas não pelas coisas sem sentido que elas decoraram, e sim pelo que elas poderão agregar à universidade e pelo seu potencial de sucesso no futuro profissional.

10 comentários:

Ewaldy Marengo disse...

As provas deveriam medir o tipo de inteligência necessário para aquela carreira específica.

Por exemplo, se eu for fazer educação física, para que testar minha inteligência lógico-matemática? quando o que importa mesmo, nesse caso, seria a inteligência corporal, e a interpessoal?

Entendeu o que eu quis dizer?...

Zéro disse...

Nem preciso dizer que concordo. Mas penso que infelizmente nem nossa gereção nem a de nossos filhos verão mudanças significativas, pois essas mudanças são lentas.
Quanto a questão mostrada, se a pergunta fosse: "onde está a area hachurada?" eu já dançava.

Juliana Gulka disse...

O engraçado é que eu sempre perguntei na escola pra que tudo aquilo, se eu ia fazer história ou letras. Eles sempre me responderam: pro vestibular...

Inútil é pouco.

The Blondie FaraÓ't disse...

hunff, eu to pasando por isso
ou melhor, mais especificamente hj de manhã no cursinho!
tem certas coisas que eu realmente não suporto no Brasil e no mundo! MÃsss

...
Entao eu vou colocar o endereço do site que vende as bonecas da maddy, rsrs, e sua mãe não precisa saber heheeh!
abraços

Wagner L. Moreno disse...

ESSE tipo de coisa é lamentavel... conhecimentos gerais analisa perfeitamente bem uma pessoa. em varios aspectos! inclusive o interesse dela! mto coerente esse assunto.

Saulo Marx disse...

interesante, acertou nessa. mas mesmo assim eu prefiro acreditar q é melhor q os conseritos de todas as ciencias n são vãos a quem quer q seja. n é inutil conhecer o q não vai gerar renda. ou eu intendi mal o q vc disse ou isso é mais uma do capitalismo pitolador.
di toda forma a pergunta d vestibular q impoen a decoreba é miseravel

vanessa disse...

É um saco msm ter q aprender um monte coisas inuteis pra fazer vestibular...

Murilo Silva disse...

Não acho a matemática inútil. Imagina alguém chegando numa universidade sem saber o mínimo dessa ciência? Absurdo para uma país! Qualquer que seja!

Jonny disse...

Quando eu estava no colegial pensava a mesma coisa que você...

Depois que sai da faculdade chegueio a algumas conclusões:

1- Cada vez mais o mundo está formando profissionais cada vez mais especializsados e cada vez menos com conhecimento global, seja matemática, fisica, hjistória ou filosofia. Isso é MUITO RUIM para o profissional.

A tendência dos novos cursos que cuidam de sua didática é dar um "nucleo básico comum" no primeiro ano, abrangendo todas as matérias, independente da faculdade que voc~e tenha passado, ou seja, se você passou em engenharia, terá aulas de filosofia, e se você passou em medicina, terá aulas de cálculo... Todos os alunos juntos...

2- Para você pode não ser interessante, mas provavelmente alguém que adorou o que foi ensinado em exatas pode ter descoberto que ele quer seguir essa área, do mesmo jeito que alguém que viu biologia resolveu ser biólogo, enquanto outras pessoas acham de uma inutilidade estudar o ciclo de reprodução da briófita...

3- O que é ensinado por trás de um exercício desse não é só a memorização das fórmulas, mas sim "exercitar" o cerebro para conseguir raciocínio lógico.

Não acredito que você no momento irá mudar de opinião, mas tenho certeza que voc~e lembrará da minha resposta daqui a uns 10 anos... ai pense a respeito.

Abraços!

Jonny

Srtª Amora disse...

bem, quando eu entrei na faculdade descobri que desde os meus 2 anos perdi tempo estudando, pois eu vi que não sabia de nada...de qualquer forma, estou me aperfeiçoando.

bkok!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...